Nossos escritórios e parceiros internacionais

Para informações mais detalhadas, clique nos centros culturais e escritórios abaixo. Para maiores informações sobre a sede em Zurique, favor acessar: www.prohelvetia.ch

Incidencias Sonoras IN/OUT Festival 05.09

LODO APRESENTA: CAJITA MUSICAL PLANETARIA (ARGENTINA)
16h CO
17h CL – BO
18h AR-BR-UY
23h CH

QUANDO?

05.09
Fusos:

16h CO
17h CL – BO
18h AR-BR-UY
23h CH

WORKSHOP
Musica Colaborativa a dis-tancia

LODO apresenta «Cajita Musical Planetaria« do artista argentino Nacho Sanchez. O projeto gera uma comunidade efêmera, entre cinco artistas com diversas formações culturais e sonoras, para criar coletivamente uma performance ao vivo em torno das possibilidades oferecidas pela TELEMIDI, uma tecnologia que permite aos músicos co-criar música em tempo real através do intercâmbio simultâneo de dados MIDI através da Internet.

A latência dos sinais de áudio e vídeo é um dos maiores obstáculos a serem resolvidos para fazer música em grupo através da Internet, especialmente quando se tenta combinar a interação da performance no mesmo espaço físico. CMP propõe uma alternativa através do uso exclusivo de dados MIDI, com valores imperceptíveis de latência, propondo uma lógica composicional na qual as notas (a partitura) são dissociadas do corpo ressonante (o instrumento). A performance funciona através da troca de dados entre 5 computadores rodando o mesmo arquivo Ableton Live para que cada artista possa gerar o mesmo resultado sonoro que os demais, ou alterar completamente o som. CMP investiga o performático e o coletivo em mídia virtual, formando uma comunidade baseada na confiança, na qual cada artista dá acesso ao resto através de seu IP, e dá seu universo composicional ao grupo, em busca de uma forma de se juntar à organização. Após os 20 minutos de apresentação ao vivo, Nacho Sanchez sediará uma conferência participativa e uma sessão Ableton + Telemidi, onde o público poderá participar com sua sessão Ableton para testar o dispositivo.

LODO é uma plataforma que trabalha no desenvolvimento das artes cênicas contemporâneas na América Latina desde 2014, com sede em Buenos Aires, Argentina, promovendo projetos de intercâmbio, criação e mobilidade. LODO desenvolve redes entre artistas, gestores, instituições, fundos públicos e privados, para apoiar projetos emergentes de dança, teatro, performance e artivismo.

bios E links

Encalhado no México devido à Pandemia, o trabalho de Nacho Sanchez explora o campo da criação musical em ambientes colaborativos, e o potencial das novas tecnologias como geradores de novas formas de composição e performance. Criador e professor musical, atualmente faz parte da CRU Art Company, um projeto de teatro comunitário no bairro Cildañez de Villa Lugano, produzido pelo Clube Cultural Matienzo, com o apoio da UNICEF. Ele é o criador do ciclo de música, arte e tecnologia “Sesiones Cercanas del Primer Piso”, que promove e acompanha o trabalho de artistas, músicos e produtores emergentes.

Bárbara Togander é uma improvisadora, compositora e artista vocal de música experimental, com uma base acadêmica dentro do Jazz. Sua formação musical e carreira começa com o baixo elétrico dentro do cenário do jazz argentino. À medida que ela se aproxima da música experimental e da improvisação livre, a voz assume a liderança como seu principal instrumento. Nos últimos 15 anos, ela incluiu a eletrônica e gira-discos em suas improvisações, e é também compositora e designer de som para peças de teatro.

CNTV Emiliano Montenegro É Designer UX, fotógrafo, artista sonoro e visual, experimentando através de mídia eletrônica, gravações de campo e improvisação. No campo musical e sonoro, iniciou suas pesquisas em 2008 no âmbito do projeto CNTV (Circuito Norte de Televisión). Durante 2009, especializou-se na área de som e experimentação musical com mídias eletrônicas, software e gravações de campo. Em 2014, ele entrou na oficina de experimentação musical do Club Cultural Matienzo, onde apresentou obras e instalações audiovisuais, e posteriormente participou da musicalização do Corpo de Dança Contemporânea e apresentações para diferentes plataformas de arte. Em 2016, dirigiu a curadoria do IRL_Meeting, um evento de artes audiovisuais.

Emma Harumi é uma produtora, DJ, multi-instrumentista e ativista trans, nascida em Mar del Plata, Argentina, atualmente vivendo em San Telmo, Buenos Aires. Sua carreira musical abrange diferentes gêneros: desde trip-hop e minimal como membro do projeto live-set Purē; produções pop em Fenna Frei, onde ela opera Ableton Live e toca vários instrumentos; e projetos solo indo do techno ao downtempo, como pode ser visto em seu último EP, “Tanabata”, lançado em abril de 2020. No último ano, ela se apresentou como DJ residente das festas Habbo, e ocasionalmente em outras como Cuarentena, Furia Virgen, Be Techno e 11:11.

Felipe Arias Vazquez é um estudante de filosofia, e experimenta o uso de diferentes tecnologias para a produção musical e design de som.